Com as medidas de isolamento social, impostas para tentar conter o avanço do Covid-19, a Semana Santa foi vivenciada de uma forma diferente para os católicos, acostumados a reunirem nas igrejas para participar da Santa Missa e as atividades dessa época, todos foram convidados a estarem unidos em casa e em oração.

“É importante a gente lembrar que a igreja, ela nasceu nas casas, e depois os fiéis, os cristãos foram chamados a ir e anunciar Jesus Cristo e nessa semana Santa, retornamos também às nossas casas, pudemos rezar em família, para depois também darmos este testemunho de Jesus”, explica Padre Olivar.

Esse é um momento diferente também para os sacerdotes que levaram Jesus Sacramentado aos seus paroquianos através das mídias, televisão, rádio e principalmente as redes sociais, aliás, podemos dizer que houve uma grande manifestação de fé por meio destas mídias.

Todos buscaram e buscam uma forma de estarem mais próximos e unidos para passar por este tempo, que embora pareça sombrio, revela uma grande esperança à humanidade, “vivemos este momento difícil, mas não vivemos sozinhos, vivemos com as graças e bênçãos de Deus. A Páscoa é a celebração da esperança, por mais que estivermos com dificuldade no caminho, precisamos acreditar que existe um destino e para chegar a este destino Deus está conosco, por mais que encontremos pedras e obstáculos pelo caminho o Senhor está conosco, ele nos segura pela mão, então vamos fazer a nossa parte sobretudo através do processo de prevenção que é tão importante”, disse o padre.

Foto: Arquivo Pessoal/ Ana Clara Martins

Em casa, famílias inteiras uniram se em oração, jovens realizam grupos de oração através das redes sociais, rezam o rosário e até mesmo novenas, a jovem Ana Clara Martins, por exemplo, através de seus stories leva um pouco de Deus às pessoas, “levar Jesus para as pessoas através das mídias sociais é incrível, vocês não têm noção, é uma alegria muito grande que eu sinto em poder fazer isso, é um sentimento de muita gratidão eu sempre falo que sou tão falha, tão pecadora, e mesmo assim Ele ainda confia em mim, Ele me usa de instrumento para chegar ao coração de outras pessoas e é também um sentimento de muita responsabilidade porque sempre tenho que está em dia com minhas orações, está em dia com Deus, para passar às pessoas“, disse a jovem.

A celebração do Tríduo Pascal em Monte Carmelo, foi transmitida por vários meios de comunicação, todas as paróquias do município levaram as celebrações aos lares cristãos. Um dos momentos marcantes foi na noite de sábado (11) após a Vigília Pascal, onde Padre Olivar, pároco da Igreja N. S. do Carmo, passou com o Santíssimo Sacramento por algumas ruas da cidade abençoando os lares e as pessoas nessa grande noite.

Ao longo do dia do domingo a igreja permaneceu aberta para a visitação dos fiéis, claro respeitando as medidas recomendas pelos profissionais de saúde, evitando aglomerações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva seu comentario.
Por favor digite seu nome aqui.