A pequena cidade do Triângulo Mineiro, Romaria, é reconhecida como a cidade da fé, eventualmente por conta da enorme devoção a Nossa Senhora da Abadia, devoção esta que se espalhou por vários lugares, trazendo devotos de todos os cantos do mundo.

Durante o ano, além das atividades no Santuário como a celebração da Santa Missa e a administração dos sacramentos, são realizadas festas religiosas, que em sua grande maioria revelam a fé simples do povo de Deus, como a folia de Santos Reis realizada neste domingo (12).

Reis e Rainhas da festa: Celeida Maria, Carlos Guerreiro, Tarcísio Abadio Borges, Maiara Delfino, Cleidionice Pires, João Rodrigues e padre Marcio Ruback.

Passaram pelo Santuário neste dia muitos devotos dos Santos Reis e de N. S. da Abadia. A abertura da festa foi realizada pela manhã após a Santa Missa, estiveram presentes os reis e rainhas da festa, Celeida Maria, Carlos Guerreiro, João Rodrigues, Cleidionice Pires, Maiara Delfino e Tarcísio Abadio Borges, representantes do executivo e legislativo da cidade, Pe. Marcio Ruback e Pe. Lucimar, festeiros e devotos que vieram de vários lugares para acompanhar o encontro, “estamos, com muito carinho, quase que o ano todo nos preparando para esta festa, o marco do jubileu do Santuário acontecesse, gratidão a todos e tudo aqui foi feito nos mínimos detalhes” , disse Celeida que junto ao seu esposo, Carlos Guerreiro, foram também reis da festa.

Daniel Rodrigues

A tradição da Folia em louvor aos Santos Reis é algo que vem passando de geração em geração, Daniel Rodrigues, acompanha a folia desde criança incentivado pelos pais e hoje faz parte, canta e toca sanfona, “minha família é uma família de folião e a gente sempre participa e pensamos em seguir a tradição e não deixar acabar”, disse o jovem.

Para todos os foliões que cantam no encontro é um momento grandioso e cantar de frente o Santuário é inexplicável para eles, “para nós sempre foi uma alegria, só de cantar de frente para a igreja de N. S. da Abadia nos emociona muito e é algo que nunca podemos deixar acabar”, disse o Sr. Esmeraldo José, capitão da Folia dos Marrecos.

Sr. Joaquim Matias – Uberlândia-MG.

Devotos de vários lugares vem acompanhar o encontro e muitos chegam a se emocionar com essa manifestação de fé, pura e simples, “é uma alegria que Deus manda para nós é uma benção”, disse o Sr. Joaquim Matias, da cidade de Uberlândia-MG.

A festa foi preparada com muito carinho pela organização, voluntários, funcionários do Santuário e servidores do município, desde os enfeites à alimentação dos devotos, aliás a fila para o almoço estava enorme, mas ninguém ficou sem alimentar-se.

Ana Martins – Cozinheira do Santuário

Vários voluntários prepararam o almoço e serviram mais de 15 mil pessoas, a preparação começou há vários dias, com as doações que chegavam e no dia da festa os cozinheiros e ajudantes levantaram de madrugada para que tudo estivesse pronto no momento certo, “as vezes as pessoas lá fora acha difícil, é um milagre”, explica Ana Martins, que é funcionária do Santuário e a responsável pela cozinha.

Reitor do Santuário, Pe. Marcio Ruback



“É uma grandiosa festa que marca as festividades dos 150 anos em louvor a Nossa Senhora da Abadia e também a tradição do nosso povo, é uma festa bonita, incrível e cheia de devoção amor e partilha”, finaliza Pe. Marcio Ruback, reitor do Santuário de N. S. da Abadia em Romaria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva seu comentario.
Por favor digite seu nome aqui.