O Ministério da Saúde foi notificado de outros dois casos suspeitos de coronavírus no Brasil na tarde de ontem (28). Eles estão localizados em Porto Alegre (RS) e Curitiba (PR). Com o caso já em investigação em Belo Horizonte (MG), agora são três casos suspeitos no país. Os pacientes se enquadraram na atual definição de caso suspeito para nCoV-2019 (o novo coronavírus), estabelecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS), ou seja, apresentaram febre, pelo menos um sinal ou sintoma respiratório e viajaram para área de transmissão local nos últimos 14 dias.

Coletiva de imprensa sobre o coronavírus em território brasileiro. – Foto: Erasmo Salomão/MS

De manhã, a OMS aumentou o nível de alerta para alto em relação ao risco global do novo coronavírus. Por isso, o Ministério da Saúde orienta que viagens para a China devem ser realizadas em casos de extrema necessidade. Com quase três mil casos confirmados, segundo o boletim da OMS de 27 de janeiro, todo o território chinês foi considerado área de transmissão ativa da doença.

Em entrevista coletiva, o ministro da Saúde, Henrique Mandetta, destacou que não há casos confirmados da infecção no Brasil. “Este momento é de tranquilizar a população brasileira. Não temos ainda nenhum caso identificado no Brasil”, asseverou Mandetta, destacando ainda que todos os portos e aeroportos estão preparados e farão ações de vigilância.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva seu comentario.
Por favor digite seu nome aqui.