A Polícia Militar recebeu uma chamada via 190, informando um roubo de veículo no bairro Jardim Zeni. Segundo as vítimas, ao entrar no veículo eles foram abordados por um adolescente.

O suspeito abordou as vítimas com um simulacro de arma de fogo mediante violência e grave ameaça, em seguida abriu a porta do veículo Ford Ranger, retirou o proprietário e condutor, que reagiu a abordagem ao perceber que o adolescente tinha um simulacro.

No decorrer da ação, o condutor e suspeito entraram em luta corporal, porém, o adolescente conseguiu assumir o controle do carro e logo em seguida colidiu no muro de uma residência (localizada na mesma rua do crime).

Após a colisão, populares que participavam de uma festa nas proximidades imobilizaram o suspeito, que neste momento já havia se distanciado cerca de alguns metros após empreender fuga, no entanto, acabou contido por terceiros.

De acordo com populares, durante o crime, alguns veículos foram identificados como suspeitos em dar apoio ao adolescente.

Foi dado voz de prisão em flagrante ao adolescente e ele foi informado sobre seus direitos, durante a prisão ele confessou a autoria do crime e ratificou as declarações das vítimas. Entretanto, alega que o motivo do crime teria ocorrido mediante promessa de recompensa no valor de R$ 4.000,00 (quatro mil reais) e que os coautores estavam no local do crime, porém, na direção de um corsa.

O adolescente declarou ainda não conhecer os coautores e que somente teve contato com estes momento antes da ação criminosa, quando acordou entregar o veículo no posto trevo, mediante recompensa. Um simulacro de arma de fogo foi apreendido e o veículo recuperado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva seu comentario.
Por favor digite seu nome aqui.