Atletas mineiros que participaram das Paralimpíadas Escolares, realizadas em São Paulo este ano, voltam para casa com 75 medalhas, conquistadas em nove das 12 modalidades disputadas no evento.

A delegação de Minas Gerais contou com mais de 70 jovens que concorreram a premiações em atletismo, bocha, futebol de 5, futebol de 7, goalball, judô, natação, parabadminton e tênis de mesa.

A estudante Fernanda Souza Santos, da Escola Estadual Maurílio Albanese Novaes, de Ipatinga, no Vale do Aço, conquistou uma medalha de ouro e duas de prata na natação. “Representar Minas Gerais é muito bom. Estou me sentindo realizada. Para quem vir nas próximas edições, a dica é treinar bastante”, recomenda.

Para a estudante Alicea de Paula Dorneles, da Associação de Assistência aos Deficientes Visuais de Poços de Caldas, vivenciar a competição foi mais importante que levar medalhas. “O importante não é ganhar. É aprender e viver cada momento aqui. Estou muito feliz por ter participado das Paralimpíadas Escolares”, diz Alicea, que disputou na modalidade de goalball.

A 13ª edição das Paralimpíadas Escolares reuniu 1.220 paratletas de todo o país, com idades entre 12 e 17 anos, no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo. Foram disputadas 12 modalidades voltadas a estudantes com deficiências físico motoras, visuais e intelectuais. Nessa última categoria houve uma novidade: uma subdivisão para jovens com síndrome de Down no atletismo e na natação.

Confira o quadro final de medalhas:

Atletismo
17 Ouros
14 Pratas
12 Bronzes

Bocha
1 Ouro
1 Bronze

Parabadminton
1 Prata

Judô
1 Ouro
1 Bronze

Natação
5 Ouros
8 Pratas
3 Bronzes

Tênis de Mesa
3 Ouros
6 Pratas
2 Bronze

Total  – 75 medalhas

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva seu comentario.
Por favor digite seu nome aqui.