A partir da sexta-feira (13), quem tem conta poupança ou é correntista da Caixa receberá automaticamente os recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), limitados a R$ 500 por conta. 

Os primeiros a receber são aqueles que fazem aniversário em janeiro, fevereiro, março ou abril. Para tirar dúvidas sobre o fundo, o Revista Brasil conversou com a professora da Fundação Getúlio Vargas Myriam Lund, que é especialista em finanças pessoais.

Ela avaliou que “historicamente o FGTS tem uma rentabilidade menor que a poupança. Entretanto, de dois anos para cá vem sido pago para todos que possuem recursos lá o lucro do fundo, então o resultado do fundo vem sendo distribuído”. Para a professora, a recomendação é que quem não tem necessidade urgente ou um planejamento para esse dinheiro, o melhor é deixar o valor aplicado e rendendo. “Se você tem a possibilidade de deixar essa reserva lá, é muito importante. Tirar do FGTS para por numa poupança também não trará vantagens”, orienta. 

Ouça a entrevista completa:

O dinheiro do FGTS ficará disponível para saque até 31 de março do ano que vem. Quem optar por não realizar o saque não perde o dinheiro, que volta para a conta do FGTS.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva seu comentario.
Por favor digite seu nome aqui.