Sete em cada dez brasileiros acessam a internet. É o que diz a pesquisa TIC Domicílios 2018, divulgada esta semana. A pesquisa mostra que, entre 2008 e 2019, o índice de brasileiros conectados saiu de 34% para 70%.

O percentual é mais alto do que a média mundial, que é de 48,5%, segundo o Banco Mundial. Se colocarmos em lista os países que mais usam a internet, o Brasil ocuparia a posição de número 83.

Mas, apesar do crescimento, a desigualdade no mundo online continua em vários aspectos. Na renda, por exemplo, enquanto o percentual nas classes A e B é de cerca de 92%, nas classes D e E ficou em 48%. A internet tem uma penetração de 74% nos centros urbanos, mas não alcança metade nas áreas rurais, onde fica em 49%.

O motivo? O preço, como explica o coordenador do estudo, Winston Oyadomari.

O levantamento mostra, ainda, como a internet móvel tem se tornado, cada vez mais, a fonte exclusiva de conectividade de muitas pessoas. O índice de quem acessa a web apenas pelo celular cresceu quase três vezes entre 2014 e 2018, passando de 20% para 56%. Enquanto isso, a conectividade exclusiva por computador caiu no mesmo período de 24% para 3%.

E as redes sociais e aplicativos de mensagem têm sido os mais acessados, segundo Winston Oyadomari.

Esse estudo ainda aborda diversos outros aspectos do uso da internet no país. Ele foi elaborado pelo Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação, órgão ligado ao Comitê Gestor da Internet. A amostra considerou 23,5 mil domicílios em 350 municípios. Para ter acesso à pesquisa na íntegra, basta acessar https://www.cetic.br/pesquisa/domicilios/

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva seu comentario.
Por favor digite seu nome aqui.