As atividades religiosas começaram logo pela manhã na igreja Matriz de N. S. do Carmo em Monte Carmelo, no Alto Paranaíba, cidade que tem a santa como padroeira.

Foto: Jornal Regional do Cerrado/ Divulgação

Antes da Santa missa das 9 horas aconteceu a oração do terço mariano com a presença de vários fiéis, a santa missa foi presidida pelo pároco Pe. Olivar Constantino, a reflexão do evangelho foi feita pelo acólito Víctor Lucas que chamou as crianças presentes na igreja para acompanharem o momento próximos a imagem da virgem do Carmo.

Ouça o áudio abaixo:

Vários fiéis participaram da santa missa em família, para Lucilene que é ministra extraordinária da Comunhão Eucarística esse é um dia especial,“é um dia de nos colocarmos no colo da mãe, na fé de que a mãe nos coloca no coração de seu filho Jesus”, disse Lucilene Gomes.

Durante a celebração as crianças participaram da coroação da imagem de Nossa Senhora do Carmo, momento este que foi preparado pela equipe da catequese da paróquia, logo após foi realizada a benção e imposição do escapulário.

Padre Olivar destacou o carinho com que o povo carmelitano tem pela Virgem Maria, especialmente sob o título de N. S. do Carmo, “Aqui ela chegou primeiro e o povo dessa terra aprendeu a amar Nossa Senhora porque antes ela já ama a cada um de nós, por isso que hoje estamos celebrando alegremente a nossa padroeira, invocando a sua intercessão junto a seu filho Jesus por todas as situações que nós estamos passando em nossas famílias, em nossa sociedade, em nossa comunidade, portanto é um dia de louvores de graças realmente a Deus”, disse Padre Olivar Constantino, pároco da Matriz de N. S. do Carmo em Monte Carmelo.

Durante todo o dia houve a oração do rosário e às 18 horas a celebração da Santa Missa presidida pelo Frei Marcelo Marins, seguida da procissão e após este momento a comunidade participou de um momento de confraternização no espaço cultural.

A história do povo carmelitano se mistura um pouco com essa devoção a N. S. do Carmo, no inicio da colonização destas terras uma fazendeira, Dona Clara muito devota da santa doou uma parte de suas terras para que fosse construída uma capela em hora da Virgem do Carmo, a paróquia foi erguida em 1870, e ao redor da igreja começaram a ser construídas as primeiras casas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva seu comentario.
Por favor digite seu nome aqui.