Um caminhão boiadeiro, com placas de Mirante do Paranapanema – SP, foi abordado na manhã desta sexta feira (12) na BR 040, durante Operação Conjunta de Fiscalização que envolveu equipes de Juiz de Fora e Petrópolis.

Foto: Polícia Rodoviária Federal

O veículo era conduzido por um motorista de caminhão de 49 anos, que ficou muito nervoso no momento da abordagem, não sabendo informar de onde vinha nem para onde ia.
Os policiais verificaram a documentação do veículo e perceberam que, apesar das placas serem de São Paulo, o veículo está registrado em Deodápolis – MS, região de fronteira com o Paraguai.

Percebendo o nervosismo do motorista e o fato das placas serem diferentes da documentação, foi dado início a uma fiscalização minuciosa no veículo, que não estava transportando gado.

Durante a fiscalização da carroceria, foi constatado que havia um fundo falso encoberto por esterco, uma grade e uma borracha grossa. Sob o fundo falso, em toda a extensão da carroceria, foram encontradas duas fileiras de tabletes de maconha. Neste momento foi dada voz de prisão em flagrante ao conduzido.

Foto: Polícia Rodoviária Federal

Novamente indagado, desta vez após ter recebido voz de prisão em flagrante, o autor informou que teria sido contratado para pegar o caminhão no município Sete Quedas – MS, para entregar em Juiz de Fora – MG, não sabendo informar o local da entrega. Informou somente que alguém iria fazer contato com ele, dizendo onde deveria deixar o veículo e que receberia R$ 10.000,00 (dez mil reais) pelo serviço.

Foi apreendido 1.226,8 kg de maconha e o motorista foi encaminhado para a sede da Polícia Federal, em Juiz de Fora, juntamente com o veículo e a droga apreendidos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here