Coreia do Sul abre mercado à carne suína do Brasil, diz ministro


Em publicação no Twitter, o ministro Blairo Maggi adiantou que as exportações do produto terão inicio em Santa Catarina

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, anunciou nesta quinta-feira (17) que a Coreia do Sul abriu o mercado para a entrada de carne suína vinda do Brasil, em uma ação que pode resultar em US$ 1,5 bilhão ao ano para o agronegócio brasileiro.

Em uma mensagem publicada no Twitter, o ministro adiantou que o Brasil já credenciou quatro estabelecimentos em Santa Catarina para exportar carne suína ao país asiático.

Em 2017, os negócios com a Coreia do Sul atingiram um saldo comercial (diferença entre exportações e importações) de US$ 2 bilhões, com bons números de exportação de produtos como farelo e resíduos de óleo de soja, minério de ferro e a própria soja. No mesmo período, houve alta de 6,5% na venda de carne de frango ao país asiático.

Fonte: Governo do Brasil, com informações do Twitter e MDIC
Publicidade
Ultimas notícias