Ministro da Fazenda mantém previsão de crescimento de 3% em 2018 e 2019


Eduardo Guardia ressaltou, porém, que é necessário avançar nas reformas para acelerar ritmo de crescimento do país

O ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, manteve nesta quinta-feira (19) a estimativa oficial de que o Brasil vai crescer 3% em 2018 e 2019. No entanto, o titular da pasta defendeu a necessidade de continuar a agenda de reformas para elevar o crescimento do Produto Interno Bruto nos próximos anos.

Foto: Valter Campanato/USP Imagens

Nesse contexto, ele apontou que só será possível acelerar o ritmo de crescimento do Brasil caso pautas como a reforma da Previdência Social, a tributária e a capitalização da Eletrobras, por exemplo, sejam aprovadas pelo Congresso Nacional. Essa agenda, aliada aos projetos de concessão em infraestrutura, podem elevar o PIB potencial de 2,5% até 4%.

“A gente vê que todos os segmentos estão crescendo, inclusive o investimento. Estamos retomando o crescimento, e isso não é localizado em um ou outro setor. Na realidade, todos os setores estão crescendo”, disse ele, em entrevista coletiva após reunião do Banco Mundial e do Fundo Monetário Internacional (FMI), em Washington.

Fonte: Governo do Brasil
Publicidade

Ultimas notícias