E. E Clara Chaves oferece Educação Integral e Integrada para ensino Médio em Monte Carmelo


A Educação em Minas Gerais passa por várias inovações com Educação Integral e Integrada, nessa semana teve início as aulas na Escola Estadual Clara Chaves, no município de Monte Carmelo, sendo esta a única escola na área da SRE (Superintendência Regional de Ensino) de Monte Carmelo a implementar o ensino integral.

Eduardo Freitas- Vice-diretor

“É um ganho muito grande para os alunos não só como formação pessoal, mas como formação profissional porque todas essas aulas, componentes curriculares que inclusive foram escolhidos por eles, serão registrados em seus históricos escolares e servirão como comprovação de experiência em determinadas áreas”, disse Eduardo Freitas, vice-diretor da escola.

As ações de Educação Integral e Integrada buscam implementar formação em diversas áreas, como esporte, artes plásticas, dança, música, teatro, informática, que complementam o conhecimento tradicional acessado pelos estudantes, por meio da ampliação da jornada escolar, “uma das áreas que iniciou hoje foi o empreendedorismo, temos também a parte da fotografia, além da fotografia nós temos também a expectativa de robótica, conversação em inglês e espanhol, aprofundamento ao ENEM”, explica a professora Ivone Alves, coordenadora do projeto na Escola Estadual Clara Chaves.

A Educação Integral e Integrada provocou grandes mudanças na escola uma delas foi na alimentação, pois como os alunos passam a maior parte do dia no ambiente escolar eles têm até quatro refeições, desde o café da manhã até o lanche da tarde, diferente dos alunos do tempo regular que geralmente tem apenas uma refeição.

Nutricionista Angela SRE- Monte Carmelo

“Os cardápios foram elaborados pela equipe técnica de nutricionistas do Programa de Alimentação Escolar da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais. Levando em conta a utilização de gêneros alimentícios básicos respeitando as referências nutricionais, hábitos alimentares e a diversificação agricultura do estado”, explica a nutricionista Angela Santiago.

A política da Educação Integral e Integrada vem se fortalecendo cada vez mais nas escolas estaduais de ensino mineiro. Prova disso é que a cada ano o número de escolas beneficiadas pela iniciativa vem aumentando. Em 2017, foram atendidas 2.158 escolas, beneficiando cerca de 150 mil alunos. Já este ano, serão 2.253 escolas e mais de 167 mil estudantes beneficiados.

Em Monte Carmelo a demanda ainda é considerada pequena já que estão matriculados 15 alunos no programa e no ensino regular cerca de 200 alunos do 6º ao 3º ano do ensino médio.

Lorena Sousa

E os alunos o que será que estão achando de tudo isso? A Lorena Sousa uma das alunas que participa do programa percebeu uma maior interação, “para mim é o melhor projeto que eles colocaram na escola, eu notei que os professores estão dando mais atenção com explicação, mais aulas práticas, estão aproveitando o tempo”, disse a aluna.

Para participar da Educação Integral Integrada o aluno deve estar matricula na escola que oferta o programa, na Escola Estadual Clara Chaves ainda há vagas para serem preenchidas, os interessados podem entrar em contato com a escola para saber mais sobre o programa pelo telefone 3842-1860.

Publicidade

Ultimas notícias