Polícia Federal desarticula quadrilha que atacou bens públicos no Amazonas


A Polícia Federal realiza nessa terça-feira (27) operação para desarticular associação criminosa que teria incendiado e destruído prédios e veículos do IBAMA, ICMBIO e INCRA, em outubro do ano passado.

Foram expedidos 28 mandados judiciais pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região, sendo 15 de busca e apreensão e 13 de prisão temporária.

Os ataques ao patrimônio público ocorreram na cidade de Humaitá, no interior do estado do Amazonas, e seriam uma represália a uma operação anterior, coordenada pela Superintendência do IBAMA no Amazonas. Os garimpeiros teriam incendiado os prédios públicos dos órgãos de fiscalização após a inutilização de dragas na ação do IBAMA.

De acordo com a Polícia Federal, durante as investigações, foram identificados garimpeiros e políticos que possivelmente incentivaram a manifestação violenta.

Os danos aos bens públicos causaram prejuízo de mais de R$ 1 milhão aos cofres federais. Os acusados responderão pelos crimes de associação criminosa e dano qualificado. As penas, somadas, podem chegar a seis anos de prisão.

Fonte: Agência Brasil
Publicidade

Ultimas notícias